5 novelas das 8 da Globo que nunca foram reprisadas, mas deveriam ser

A Rede Globo está com dúvidas de qual novela colocará no lugar de “Senhora do Destino”, atual novela que está sendo reprisada no “Vale a pena ver de novo”, mas que já está chegando na reta final.

Entre as cotadas estão “Cordel Encantado”, sucesso de audiência em 2011, e também a re-reprise de “Alma Gêmea”, uma das novelas mais bem sucedidas do horário das seis.

Porém, existiram outras opções “inéditas” no horário vespertino, mas que por motivos como classificação etária, ou outros que não sabemos, não são nem cotadas. O Blog resolveu fazer uma lista de cinco novelas que fizeram sucesso e poderia muito bem matar a saudade de muito noveleiro de plantão.

A Favorita

10-coisas-que-sentimos-falta-na-novela-a-favorita-rede-globo-maze-blogUma das tramas mais inteligentes já feitas na televisão. Ninguém sabia quem era a mocinha e quem era a vilã. Pois é, esse foi o jogo que o autor João Emanuel Carneiro fez com o público.

Flora (Patrícia Pilar) e Donatella (Cláudia Raia) eram as protagonistas e uma delas tinha cometido o crime de assassinato. No início da trama quem está pagando pelo ato criminoso é Flora, mas durante o desenrolar dos capítulos, surge a dúvida se realmente ela é a culpada de tudo isso.

Um novelão clássico que deixou todo mundo com o gosto de “quero mais” a cada capítulo.

Celebridade
Essa é uma das líderes de pedidos. Fazendo uma simples pesquisa a novela que tem como protagonista Malu Mader sempre aparece como uma das favoritas a serem reprisadas.

Para quem não lembra, Maria Clara Diniz (Malu Mader) é uma ex-modelo e empresária bem sucedida, mas que tem na sua cola uma grande invejosa que se passa de fã e amiga, mas que na verdade quer tomar o seu lugar: Laura interpretada brilhantemente por Cláudia Abreu.

Quem não lembra da clássica cena da surra de Maria Clara em Laura? A cena certamente é um dos clássicos da história das novelas.

Relembre:

 

Paraíso Tropical

Também de autoria de Gilberto Braga, a novela que tinha como protagonistas Fabio Assunção e Alessandra Negrini foi ofuscada pelo casal Olavo (Wagner Moura) e Bebel (Camila Pitanga).

Outros destaques ficaram na trama de Toni Ramos e Glória Pires. Um casal que começa tímido e de forma improvável, mas se apaixonaram e conquistaram o público.

Pitaco: Foi a última novela de sucesso de Gilberto Braga. Na sequência vieram Insensato Coração que foi chata e com roteiro fraco e depois o grande fracasso de sua carreira: Babilônia. Massacrada por público e crítica. Mas aí já é assunto para outro post.

 

Páginas da vida

Mais uma Helena e mais uma de Regina Duarte. O tema dessa vez era: síndrome de down. Algo delicado que foi abordado de forma polêmica durante a novela.

A criança que portava a síndrome e era menosprezada pela avô (Lília Cabral) que optou ficar apenas com o outro neto, após a morte precoce da filha no parto. É aí que Helena aparece e se torna a mãe adotiva de Clara que tem down. O inocente avô sem saber de nada que acontece, cria Francisco imaginando que é o único neto.

A reviravolta da novela começa quando o pai das crianças Léo (que não não aceitou a gravidez) volta ao Brasil depois de muitos anos e quer a guarda das crianças.

Avenida Brasil

A novela que parou o Brasil. Sem dúvidas. Carminha e Nina: que duelo! Comédia, drama,vida real, foi assim que João Emanuel Carneiro apresentou logo no primeiro capítulo uma das novelas mais bem amarradas já escritas.

“Oi, oi, oi” esse refrão logo na abertura já dizia o que seria a novela: do povão. E foi assim que aconteceu. Nos primeiros capítulos as cenas no lixão e um amor selado entre duas crianças. Um vilã personificada com um cara de anjo.

Foram várias receitas que fizeram com que Avenida Brasil virasse assunto no País: futebol, humor e a proximidade das tramas com o público de casa. Quem não conhece uma família como a do Tufão que todo mundo atropela um a outro na hora de falar? Isso é muito nosso.

Belas interpretações como Adriana Esteve como Carminha também foi o estopim para o sucesso da novela que passou em 2012, mas que ainda está na memória de quem gosta de uma boa trama.

Relembre a abertura:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: